Blog

Curso de Relações Internacionais

Curso de Relações Internacionais

Curso de Relações Internacionais

O curso de Relações internacionais tem atraído cada vez mais estudantes e levado a abertura e ampliação da oferta de vagas em todo país. Até o início dos anos 2000, podia-se dizer que a graduação se limitava às metrópoles, basicamente Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Ao passo das transformações econômicas e políticas, com a maior abertura comercial e internacionalização das grandes empresas brasileiras, o mercado passo a demandar internacionalistas e também pela própria mudança cultural, as pessoas procuraram o curso de Relações Internacionais.

Universidades de outras capitais em todas as regiões do Brasil já abriram o curso de Relações Internacionais com diferentes enfoques para atender as demandas dos alunos e das empresas locais e regionais.

Características principais

O curso de Relações Internacionais é caracterizado pela ampla gama de disciplinas em diferentes campos do conhecimento, por isso é considerado universalista. Ou seja, abarca uma ampla gama de conhecimentos.

Economia –  objeto que caracteriza as teorias econômicas. A escola clássica: objeto e método. A escola marxista: objeto e método. A escola neoclássica: objeto e método; equilíbrio parcial e geral. Valor e Preço nas teorias econômicas. Análise keynesiana: o princípio da demanda efetiva. O excedente econômico e a repartição da renda.

Política –  O surgimento do conceito de política; política e teoria política na antiguidade grecoromana; as diferentes dimensões do objeto da Ciência Política; o Estado moderno e a transformação da política clássica; conceitos fundamentais da ciência Política: poder, dominação, representação, participação, democracia, igualdade, liberdade.

Teoria –  A natureza das relações internacionais: campo de estudo e características, o meio internacional. Principais correntes teóricas das relações internacionais. Atores internacionais e o poder. Formação da política externa. O sistema internacional e seus elementos estruturantes. Cenário internacional: evolução e desafios contemporâneos. O pensamento dos clássicos sobre relações internacionais: Tucídides, Maquiavel, Hobbes, Kant, Locke e Grotius. Os liberais-internacionacionalistas e o problema da paz. A hegemonia do realismo no contexto da guerra fria. A Escola Inglesa. O debate metodológico e a constituição das Relações Internacionais como ciência social.

Direito – Noções de Direito. Fins do Direito. Fundamentos do Direito. Fontes do Direito. Norma Jurídica. Interpretação e Integração do Direito. Aplicação da Lei no Tempo. Enciclopédia Jurídica. Conceito e Interpretação do Direito Constitucional. Os fundamentos e objetivos do Estado brasileiro: As Relações Internacionais na Constituição de 1988. Direitos e Garantias Fundamentais. Os Poderes da República e suas principais competências: Poder Executivo. Poder Legislativo e Poder Judiciário. A Sociedade Internacional e os princípios das relações internacionais. Direito Internacional Público e demais ramos do Direito. Fontes do Direito Internacional. Direito Internacional Público e Direito Interno. Sujeitos e Pessoas do Direito Internacional. Direitos e deveres dos Estados. Restrições e reconhecimento. Soberania e supremacia territoriais. Direito Diplomático e Consular. Direito Internacional Emergente.

Comércio Exterior –  Teoria e Políticas de Comércio Exterior, Globalização e Integração Econômica; Integração LatinoAmericana e Mercosul; Técnicas e Procedimentos em Comércio Exterior; Mercado de Câmbio, Balanço de Pagamentos; Financiamento das Exportações e Importações.

Geografia – A geografia econômica tradicional. As teorias da organização econômica do espaço. O desenvolvimento desigual. A divisão territorial e internacional do trabalho. O espaço capitalista contemporâneo: fordismo e acumulação flexível nos territórios. A globalização contemporânea.

História – Formação e desenvolvimento da diplomacia e do equilíbrio entre Estados europeus, do renascimento até a revolução francesa e a era napoleônica.

Leia:

Analista de Relações Internacionais

Ranking dos cursos

Mercado de Trabalho

Deixe uma resposta